CLARITIN ® - A vida é melhor sem alergias
AsmaRiniteUrticáriaConjuntivite
 

Coceira e vermelhidão ocular, podendo ser acompanhadas de inchaço das pálpebras.

A conjuntivite alérgica é um processo inflamatório da conjuntiva (fina membrana que envolve todo o olho), decorrente da alergia a uma ou mais substâncias estranhas, também chamadas de alérgenos. Costuma estar associada a outros tipos de alergia.

Há quatro formas da conjuntivite alérgica:

- Sazonal: geralmente, associada à rinite alérgica ou à asma causada pelo contato direto com a substância que provoca a alergia.

- Ceratoconjuntivite atópica: associada à dermatite atópica, costuma ocorrer durante o inverno.

- Conjuntivite primaveril: predomina na primavera em países com clima quente e seco. É associada à presença de pólen.

- Conjuntivite papilar gigante: associada comumente ao uso de lentes de contato, que causam irritação na mucosa ocular.


Sintomas

As conjuntivites alérgicas caracterizam-se por coceira e vermelhidão ocular, podendo ser acompanhadas de inchaço das pálpebras.



Tratamento

Como outras formas de alergia, trata-se de uma doença crônica e recorrente. Contudo, algumas medidas podem ser tomadas para diminuir a intensidade e a frequência das crises, como evitar os desencadeantes: ácaros, fungos, pelos de animais, alimentos, etc. Não coçar os olhos também ajuda.

Drogas utilizadas no tratamento das conjuntivites alérgicas são anti-histamínicos, estabilizadores da membrana de mastócitos, anti-inflamatórios não hormonais, costicosteróides, e imunomoduladores.






Dicas Claritin

Tipos de Alergia

Alergia em casa

Desvendando os Mitos

Rinite




Alívio dos sintomas da alergia, não dá sono, dose única a cada 24 horas

CLARITIN - é um medicamento. Seu uso pode trazer riscos. Procure o médico e o farmacêutico. Leia a bula.